Drª., Sou trabalhador e fui intimado para comparecer ao Ministério Público do Trabalho. E agora?



Muita calma nessa hora!


As intimações dos órgãos públicos, muitas vezes, não informam o motivo da convocação e, por isso, podem ser fonte de muita ansiedade. É importante tentar se tranquilizar e consultar um advogado(a) da sua confiança.

No geral, as intimações do Ministério Público do Trabalho para empregados, ou seja, trabalhadores, servem para ouvir o empregado em algum inquérito em que é apurado se a empresa que ele trabalha atualmente, ou que ele já trabalhou no passado, está descumprindo alguma regra trabalhista.

Eu costumo indicar que meus clientes compareçam na data e hora em que foram chamados e que respondam às perguntas que forem feitas.

É importante entender que você não está sendo investigado e nem está sendo processado. Você será somente testemunha.

Como testemunha, você tem o dever de dizer a verdade, ou seja, não pode mentir. Mentir em depoimento pode ter uma série de consequências e é, inclusive, crime. Na dúvida sobre alguma resposta, informe que não se lembra exatamente do fato e que não sabe responder à pergunta.

No geral, os Promotores do Trabalho são muito acolhedores e entendem quando a testemunha está nervosa. Então, não há razão para sofrer com esse tipo de intimação.

Você já foi intimado pelo Ministério Público do Trabalho? Conte pra mim nos comentários.

IMG_5876 (1).JPG

Camilla Haubrich é advogada e está há mais de 15 anos no mercado digital.

 

Apaixonada por internet, empreende nas redes sociais e conhece inúmeros conflitos decorrentes de negócios digitais.

Adepta a uma advocacia personalizada, humanizada e focada em soluções individuais, acredita na prevenção de conflitos e na formulação de acordos como propulsores de sua atuação profissional.

Atua nas áreas preventiva e judicial nas áreas de direito cível (consumidor, família, imobiliário) e  trabalhista.

Como foco especial no mercado digital, atua atendendo digital influencers, experts, especialistas, empresas e demais atores no mercado on e off line em demandas judicias, extrajudiciais, preventivas e contenciosas.

Fique por dentro de todos os posts

Obrigado por assinar!

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • Pinterest